quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Coração Vampiro - Part I

Olá!
Boa Noite!
Como estão?

Hoje vou postar a Primeira Parte do Conto, que se chama "Coração Vampiro".
Espero que apreciem, tanto quanto apreciei escrever.

Fiquem á vontade!


CORAÇÃO VAMPIRO - PART I

Era uma noite clara de Primavera, Michael estava olhando a Lua pela janela de sua sala, com seus pensamentos longe, quando uma batida na porta o fez despertar.
-Está aberta!- Falou olhando para a porta. Por ela passou uma moça de cabelos loiros, ondulados, com grandes olhos cor de jade brilhantes, aparentava ter uns dezessete anos. Em suas mãos carregava um pequeno baú de madeira, muito antigo. -O que é isso?-
-Pertence a Srta. Violet, estava escondido sob o piso do meu quarto.- A moça falou colocando-o sobre a mesa. -Descobri por acaso!-
Michael pegou o pequeno baú cuidadosamente e o pós na sua frente, estava trancado com um cadeado antigo que tinha alguns detalhes em Art Nouveau salientes, logo o cadeado havia virado pó, quando Michael o apertou entre seus dedos. Ele abriu o baú, revelando o que parecia ser um diário, junto dele havia uma delicada gargantilha de prata.
-Junto do baú, havia um bilhete, dizendo que se eu o achasse era para entregar para você, Mr. Michael.- Ela falou entregando o bilhete para Michael. -É a letra da Srta. Violet!-
Ele pegou o diário e o folheou, na esperança de achar alguma pista, algum vestígio de Violet. Sua rápida leitura mostrou que eram passagem antigas, de quando ela era mais jovem. Exceto a última página, que continham alguns versos...
-”O mais distante lugar para meu refugio, reside na última morada dos humanos. Onde você possa me encontrar vagando por entre os que não mais estão por aqui!”- Michael leu silenciosamente. Ele tinha certeza de que aquilo sim era uma pista para achar Violet. Michael ficou olhando para aquela página, ele sabia que tinha algo ali, mas não estava conseguindo pensar com clareza.
-Aí diz onde Srta. Violet está?- A moça perguntou ansiosa.
-É uma charada, mas com certeza ela diz onde a Srta. Violet está.- Michael respondeu olhando rapidamente para a jovem a sua frente. -Encontrando Srta. Violet, poderemos encontrar Alexander também.
-Sim e o Ciclo está chegando ao fim.- Ela falou tristemente. -A única coisa que temos é onde Alexander e Milla foram vistos pela última vez.-
-Angelic, você e Solomon continuem procurando pelos dois!- Michael falou seriamente.
-Sim, Mr. Michael!- Angelic falou, logo depois deixou a sala.
Michael continuou lendo e relendo várias vezes os versos, mas no momento nada lhe vinha a mente, nenhum lugar onde Violet poderia estar. Não pode deixar de dar um pequeno sorriso quando lembrou que Violet sempre lhe mandava charadas, para que a encontrasse. Mas nenhuma lhe pareceu tão complexa como esta.
To be Continued...

Aí está a Primeira Parte!

Então, o que acharam?
Até a próxima Noite!
Tenham Lindos Sonhos!
Bjus =***


AVISO! Pesso encarecidamente que não copiem quaisquer parte publicada aqui no Blog sem me darem um aviso prévio. Obrigada!

3 comentários:

Heledanium disse...

Violet está fazendo o que em um cemitério? Humm... não conte, seri spoillers...rsrsrs... Vou esperar pelas outras partes para descubrir...

Gostei muito do seu conto, me chamou a atenção... mas me leu um pouquinho de vertigem... é sério... fica a dica: letras brancas, sobre o preto, com um fundo vermelho, força um pouco a visão...=/

Mas de qualquer modo, está bom o seu blog. Gostei!
Parabens!

Bianca aka Luna del'Aislin disse...

Oiii

Tudo bem, eu não vou contar... hahaha

Que bom que gostou, fico Feliz!
E obrigada pela dica!

Bjus =***

Layra Cristina disse...

O jeito que começa o conto já me encantou completamente. Têm um ar de mistério, como se algo estivesse oculto de nossos olhos; longe de nosso entendimento.
O personagem Michael parecer tão uma história antiga, como se um segredo. Não sei que é isso de fato, mas foi isso que me pareceu.
Os mistérios desse conto me intrigaram bastante, eu realmente continuarei lendo até o final.
Bom, sobre onde Violet pode estar, eu acho que o lugar que é a última morada dos humanos é, possivelmente, o cemitério. Apenas lá ela estará vagando entre os que já não estão por aqui.
Sim, por mais que eu pense, continuo achando que ela está no cemitério, vagando.
Agora tem uma frase que está me deixando inquieta é: “ ... o Ciclo está chegando ao final.”
Eu realmente não sei o que é o “ciclo” que eles estão se referindo. Entretanto, eu acho que seja algo que eles possam ou tenha que impedir. Não sei.
Flor, eu já amei. Você escreve perfeitamente, estou completamente apaixonada.
Beijos, parabéns

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...